Orgonite: o que é?

0
2763
Orgonite
Orgonite

O termo “orgonite” foi primeiro usado por Karl Welz para designar a sua mistura de metal-resina-quartzo em meados da década de 90. A Tecnologia de Welz é diferente até da mais simples “orgonite táctica” sendo que Welz usa partículas de metal muito finas e quartzo em pó.

Um par de anos mais tarde, Don Croft, enquanto fazia experiências com Acumuladores de Orgone pelo modelo de Reich, vem a saber da Tecnologia de Welz através de um amigo e começa a fazer as suas próprias experiências. Estas experiências culminam em 2001 quando Don e Carol Croft fazem uma simples Granada Santa, a primeira peça de tecnologia orgonite tal como é mais conhecida hoje em dia.

No início, Don Croft nem sequer chamou a sua tecnologia “orgonite”, mas o termo foi ganhando uso por ser fácil e prático. Hoje em dia quem usa o termo “orgonite” refere-se normalmente à “orgonite táctica” de Don Croft.

A orgonite é uma simples mistura de resina industrial e limalhas de metal. Um cristal de quartzo é também adicionado pois dá uma força muito maior à orgonite.

A orgonite gera Orgone Positivo enquanto absorve e transforma Orgone Negativo em Orgone Positivo.

Como a Orgonite influencia o Orgone

Com Reich aprendemos que, de um modo geral o metal repele o Orgone enquanto as matérias orgânicas atraem-no. Os seus Acumuladores de Orgone, normalmente caixas feitas de camadas alternadas de metal e material orgânico atraíam simplesmente para dentro de si o Orgone, onde o concentravam, sem mecanismo de descarga ou possibilidade de transformar Orgone Negativo em Orgone Positivo.

A Orgonite mudou tudo isso.

Tem sido observado por pessoas sensíveis (psíquicos) que a orgonite efectivamente absorve o Orgone Negativo enquanto gera Orgone Positivo.

Fonte: http://www.orgonite-portugal.com/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here