A Comissão Trilateral, segundo Jan Van Helsig

0
877
Comissão Trilateral
Comissão Trilateral

Esta organização secreta foi criada em Junho de 1972 por David Rockefeller e Zbigniew Bezezinski, notoriamente porque as organizações bem estabelecidas, tais como as Nações Unidas, não trabalhavam tão rapidamente para conseguir o governo mundial único. Os Big Boys queriam que isso acontecesse rapidamente. Essa organização de elite tem por meta reunir num só grupo, os poderes de ponta dos gigantes da indústria e da Economia, isto é, das nações trilaterais – Estados UnidosJapão e Europa ocidental – ela visa a criar de uma vez por todas, a Nova Ordem Mundial. Esta organização permite à elite vinda de diversos ramos da Franco-Maçonaria encontrar-se numa escala mundial para colaborar num trabalho secreto; ela deve também expandir a influência Política dos Bilderberger. A maior parte dos membros europeus tinha contacto com os Rockefeller durante anos. Esta organização compõe-se de aproximadamente 200 membros, que, contrariamente aos Bilderberg, são permanentes.

A “Comissão Trilateral” controla com os membros do CFR toda a Economia dos Estados Unidos, a Política, o aparelho militar, o petróleo, a Energia e o lobby dos Meios de Comunicação Social. Os seus membros são, entre outros, empresários, banqueiros, agentes imobiliários, economistas, políticos, advogados, editores, dirigentes sindicalistas, os presidentes de fundações e editorialistas.

Os membros mais importantes são:

· Brzezinski, Zbigniew, conselheiro do presidente dos Estados Unidos;
· Bush, George, ex-presidente dos Estados Unidos, ex-chefe da CIA e ex-chefe do CFR;
· Clinton, Bill, membro dos Bilderberger, do CFR, presidente dos Estados Unidos;
· Kissinger, Henry, ex-ministro das relações exteriores dos Estados Unidos;
· McNamara, Robert, Banco Mundial;
· Rockefeller, David, Chase Manhattan Bank, EXXON;
· Rockefeller, John D.;
· Rothschild, Edmund de, Royal Dutch, SHELL;

Os membros alemães mais importantes são:

· Amerongen, Otto Wolff von, presidente da OTTO WOLFF AG.;
· Biedenkopf, Kurt, membro do Bundestag;
· Birrenbach, Kurt, presidente da DGAP, membro dos Bilderberger;
· Ehmke, Horst, membro do Bundestag;
· Hartwig, presidente da União Federal do Comércio Atacadista e do Comércio Exterior;
· Hofmann, Diether, anteriormente Neue Heimat, Hamburgo;
· Huber, Ludwig, Bayerische Landesbank e Girozentrale München;
· Janott, Horst, diretor da Münchner Rückversicherung;
· Kaiser, Karl, dirigente do Instituto de Pesquisa da DGAP;
· Kloten, Norbert, presidente da Landeszentralbank;
· Kristoffersen, Erwin, dirigente do departamento interno da DGB (Confederação dos Sindicatos Alemães);
· Lambsdorff, Otto Graf, ex-ministro dos assuntos económicos;
· Leisler-KiepWalter, ex-tesoureiro da CDU (União Cristã Democrática);
· Maull, Hans, redator no Bayerischer Rundfunk (rádio bávara);
· MünchmeyerAlwin, pai de Birgit Breuel;
· Neumann, Friedrich, presidente do NRW (Sindicato Patronal);
· Porzner, membro do Bundestag, ex-secretário de estado;
· Richter, Klaus, diretor dos estabelecimentos de ótica G. Rodenstock;
· Rühe, Wolker, membro do Bundestag, ministro da defesa;
· Sohl, Hans Günther, presidente do conselho administrativo da Tyssen AG;
· Sommer, Theo, redator chefe do jornal Die Zeit;
· Schmidt, Helmut, ex-chanceler;
· Schmitz, Ronaldo, membro do conselho administrativo da BASF AG;
· Schröder, Gerhard, ex-membro dos Bundestag;
· Vetter, Heinz-Oskar, ex-presidente do DGB (Confederação dos Sindicatos Alemães);
· Zahn, Joachim, ex-presidente do conselho administrativo da Daimler Benz AG.

Os seguintes membros podem oficialmente estar ausentes enquanto ocuparem um lugar no governo:

· Narjes, Karl-Heinz, vice presidente da comissão da CE;
· Stoltenberg, Gerhard, ministro das finanças;

(nomes extraídos do Vertrauliche Mitteillungen n.º 2638, folha 2, de 3 de Julho de 1986)

Fonte: Livro «As Sociedades Secretas e o seu Poder no Século XX» de Jan Van Helsig

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here