A vida em perigo

0
550
A sobrevivência dos humanos a catástrofes
A sobrevivência dos humanos a catástrofes

Às vezes os seres humanos conseguem sobreviver a quase todas as catástrofes imagináveis, desde a queda de um avião sem pára-quedas até à empalação com uma grande variedade de instrumentos pontiagudos. Nesta última categoria, temos o caso do motociclista inglês Richard Topps, 21 anos, de Derbyshire, que sobreviveu a uma indesejada trombada com uma cerca.

Em Agosto de 1985, a moto de Topps colidiu com um carro, ferindo seriamente o seu passageiro. O próprio Richard foi lançado por cima do guiador, caindo sobre uma cerca, onde acabou espetado diagonalmente do tórax aos quadris numa estaca de madeira de 1 metro de comprimento.

Por causa da confusão, Richard foi deixado ali espetado por mais de uma hora, completamente consciente, mas incapaz de livrar-se daquela incómoda e dolorosa posição, até ser encontrado pelo seu irmão. Tirar a estaca que perfurava o seu tronco foi uma operação de duas horas, durante as quais os médicos descobriram que todos os seus órgãos vitais internos haviam escapado de maiores danos. Topps recuperou rapidamente da cirurgia e seguiu a sua vida.

Kimberly Lotti, de Quincy, Massachusetts, rapariga de 18 anos, também sofreu um acidente semelhante em Dezembro de 1983, quando dirigia a sua camionete do trabalho para casa, e também sobreviveu para falar sobre o caso. A sua camionete perdeu a direcção e foi de encontro a uma cerca de alumínio. Uma das estacas de 5 centímetros de diâmetro soltou-se e entrou pelo pára-brisas do seu veículo, atravessando a parte superior esquerda do seu peito.

– Foi uma coisa estranha – narrou Kimberly, posteriormente. – Não senti nenhuma dor. Pensei que a estaca só estivesse a pressionar o meu braço. Acho que estava em estado de choque.

Os membros de uma equipe de salvamento cortaram a peça a 12 centímetros da frente e das costas do seu corpo e transportaram-na para o hospital, onde o resto da estaca de alumínio foi removido com a maior segurança.

 Fonte: Livro «O Livro dos Fenómenos Estranhos» de Charles Berlitz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here