O Extraordinário Uri Geller

0
1649
O mágico israelita Uri Geller a dobrar uma colher
O mágico israelita Uri Geller a dobrar uma colher

O médium mais famoso do mundo, o israelita Uri Geller, ex-pára-quedista do exército, continua a deslumbrar as plateias enquanto amealha uma considerável fortuna pessoal, estimada em alguns milhões de dólares, originada de demonstrações dos seus incríveis poderes.

Nascido em Telavive, em 1946, Uri Geller demonstrou habilidades mediúnicas quando tinha apenas 3 anos, lendo os pensamentos da mãe. Eventos mais tangíveis surgiram aos 6 anos de idade, quando descobriu que podia mover os ponteiros de um relógio sem tocá-los. Anos mais tarde, demonstrações similares trariam-lhe fama e fortuna.

Uri Geller passou a merecer maior atenção no início dos anos 70, quando as suas apresentações públicas em Munique, na Alemanha, resultaram numa grande quantidade de talheres e chaves dobradas, dois dos alvos mentais favoritos do médium. Ele também fazia com que ponteiros de relógios parassem e voltassem a movimentar-se.

Dois dos seus feitos mais espetaculares ocorreram quando Uri Geller conduziu um carro pelas ruas de Munique com olhos vendados e parou um teleférico no meio do caminho, nas montanhas Chiemagu.

O médium israelita atraiu de imediato a atenção de Andrija Puharich, pesquisador de Fenómenos Paranormais, que “patrocinou-lhe” uma viagem aos Estados Unidos da América para que ele pudesse ser examinado num ambiente científico.

Uri Geller
Uri Geller

Os resultados das experiências que Uri Geller realizou no Instituto de Pesquisas de Stanford, sob orientação dos fisícos Hal Puthoff e Russell Targ, pareceram confirmar as suas habilidades paranormais. Ele não só passou pelo protocolo cuidadosamente controlado, que os cientistas determinaram, registando altos resultados em clarividência e psicocinese, como, aparentemente, também foi capaz de afectar grande quantidade de instrumentos electrónicos sensíveis.

Outra apresentação fantástica de Uri Geller ocorreu no dia 23 de Novembro de 1973, durante o programa David Dimbleby Talk-In, da BBC. Após o programa, centenas de telespectadores atónitos telefonaram para informar que talheres e outros objetos de metal nos seus lares tinham começado a dobrar-se, enquanto eles assistiam à demonstração de Uri Geller. Quando o ex-pára-quedista voltou aos Estados Unidos da América, transformou-se em celebridade da noite para o dia.

Os críticos de Uri Geller, como o mágico profissional Randi (conhecido como James “O Extraordinário”), naturalmente, afirmam que esses supostos poderes psíquicos não passam de truques normais, conhecidos por muitos mágicos de renome. E, coerentemente, Randi empenhou-se em recriar vários dos chamados “fenómenos Geller“, como a “dobragem” de colheres e chaves, através de prestidigitação e de outras técnicas.

Mas Uri Geller talvez ria por último, quando estiver a dirigir-se até ao banco. Após um período de alguns anos, durante os quais ele passou muito tempo fora de circulação, Uri Geller retornou, recentemente, ao cenário mundial com um novo livro e uma “recheada” conta bancária, possuindo inclusive uma propriedade digna de rei, com heliporto, nos arredores de Londres.

A mais recente “mágica” de Uri Geller, segundo consta é a localização de reservas de petróleo e depósitos de metais preciosos, simplesmente sobrevoando o local num pequeno avião, com a mão estendida para fora. Por essa e por outras actividades mediúnicas, durante a década de 70, calcula-se que tenha ganho por volta de 40 milhões de dólares.

Fonte: Livro «O Livro dos Fenómenos Estranhos» de Charles Berlitz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here