COVID-19: O Grande Reset

0
215
Os livros: A Quarta Revolução Industrial e Covid-19 The Great Reset
Os livros: A Quarta Revolução Industrial e Covid-19 The Great Reset

Klaus Martin Schwab, é engenheiro e economista alemão. Fundou em 1971 o “European Symposium of Management“, organizado em Davos na Suíça, que em 1987 seria renomeado para o actual “Fórum Económico Mundial“. Davos é local de passagem anual para os mais poderosos no mundo da política e da economia.

No livro “A Quarta Revolução Industrial“, escrito em 2016, Schwab faz uma apresentação das várias tecnologias que estão a ser introduzidas e como estas afectarão e moldarão as nossas vidas futuras.

O livro “COVID-19: The Great Reset“, escrito este ano, refere as mudanças drásticas que acontecerão, supostamente devido à COVID-19.

Numa passagem:

«Neste Novo Normal, por causa de uma mudança no sentido da multipolaridade e competição intensa por influência, os conflitos e as tensões já não serão guiados pela ideologia, mas pelo nacionalismo e competição por recursos».

Aqui refere-se os perigos do regresso ao Nacionalismo. Algo indesejável.

«Se nenhum poder conseguir forçar a ordem, o nosso mundo irá sofrer de um “défice de ordem mundial”».

Reparem bem na fraseologia utilizada: «Se nenhum poder conseguir FORÇAR a ordem (…)»

Um (Único). Poder. Que FORCE. A Ordem.

Agora uma outra passagem:

«Quando confrontados com isso, muitos (…) poderão confundir “Reset” com “Recomeço“, esperando regressar ao VELHO NORMAL que funcionou no passado: as tradições, a forma familiar de fazer as coisas. Isso NÃO IRÁ ACONTECER (…)»

Pois é. Se pensavam que as coisas voltariam ao que eram antes, bem podem esquecê-lo. Os planos não passam por aí. O NOVO NORMAL veio para ficar.

Fórum Económico Mundial
Fórum Económico Mundial

No “COVID-19 Transformation Map“, aplicação oferecida pelo site do Fórum Económico Mundial percebe-se como a COVID-19 está a ser utilizada para transformações radicais em todos os aspectos da nossa sociedade. [1]

No entanto, o “Transformation Map” já existia desde 2017, segundo o próprio Fórum Económico Mundial. [2]

O que estamos aqui a falar é de uma revolução completa. E de que tipo de revolução estamos a falar?

A Quarta Revolução Industrial !

O próprio Fórum Económico Mundial oferece-nos um vídeo a explicar. [3]

Uma sociedade gerida pela tecnologia. Central Tecnológica gerida por alguém: Tecnocracia. Agora possui uma nova nomenclatura (Quarta Revolução Industrial), mas o conceito não é novo.

A tecnologia que permitirá trazer a Nova Ordem que surgirá após o GrandeReset” é descrita no livro da “A Quarta Revolução Industrial“.

Passagens do livro: «Será algo que a humanidade nunca experienciou antes».

«Imaginem a incrível confluência dos avanços em tecnologias emergentes, como a Inteligência Artificial, Robótica, Internet das Coisas, Veículos Autónomos, Impressão 3D, Nanotecnologia, Biotecnologia, Materiais, Energia, Computação Quântica, etc.»

Klaus Martin Schwab
Klaus Martin Schwab

E no que diz respeito às nossas privacidades, o que afirma Schwab?

«As preocupações dos cidadãos acerca da sua privacidade (…) irá requerer ajustes no pensamento».

Ajustes no pensamento? Ok.

Schwab fala, por exemplo, em “Scannings” aos cérebros das pessoas para aceder às suas memórias e perceber assim se constituem um “perigo“. Polícia do Pensamento?

À medida que se avança no livro, mais percebemos o quão Transhumanista é Schwab.

«As grandes inovações trazidas pela Quarta Revolução Industrial (…) estão a redefinir o que SIGNIFICA SER HUMANO».

«O futuro irá desafiar o nosso entendimento acerca do que SIGNIFICA SER HUMANO de um ponto de vista biológico e social».

«Avanços nas Neurotecnologias e Biotecnologias já nos estão a forçar a questionar: O QUE SIGNIFICA SER HUMANO».

O que significa ser humano é colocado em causa. Isto significa alterar a Humanidade, no seu âmago: O QUE SIGNIFICA SER HUMANO.

Por último, Schwab refere ainda a necessidade de um novo Contrato Social. Aquela coisa que se estabelece entre o cidadão e o Estado, onde fica definido o que o Estado pode ou não fazer e de que forma o cidadão fica sujeito a este.

Ao ler ambas as obras e ao consultar os planos do Fórum Económico Mundial (Onde todos os olhos estão virados para o “Great Reset“), percebemos facilmente que nada disto tem a ver com algum vírus. Os planos já existiam anos antes e apenas se está a aproveitar a embalagem fornecida pela COVID-19 para que sejam aplicados.

É pena que a grande maioria da população desconheça os meandros do poder que operam muito para além das suas vidas rotineiras e da sua programação de televisão e como tal, lhes escape o panorama global – uma visão de conjunto – , que lhes poderia fornecer um entendimento mais completo acerca do funcionamento do poder no nosso complexo mundo actual.

Como se lhes escapa a visão de conjunto, agarram-se a átomos que entendem como sendo desconexos e aleatórios.

Isto não se trata de “Teorias da Conspiração“. É tudo manifesto de forma bem aberta pelos próprios.

Fontes:

[1] «COVID-19: Curation: Georgetown University», World Economic Forum

[2] «What is a Transformation Map?», World Economic Forum. 8 de Novembro de 2017

[3] «What is the Fourth Industrial Revolution?», World Economic Forum. 18 de Julho de 2016

[4] Klaus Schwab (2016). A Quarta Revolução Industrial. EDIPRO.

[5] Klaus Schwab & Thierry Malleret (2020). COVID-19: The Great Reset. Agentur Schweiz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here