COVID-19: Suécia, o país que não confinou

0
3089
Projecções de Mortalidade na Suécia para o COVID-19 vs. Mortalidade Real
Projecções de Mortalidade na Suécia para o COVID-19 vs. Mortalidade Real

O gráfico acima corresponde às projecções feitas pelo Imperial College of London em relação à mortalidade na Suécia, a azul (85 mil mortos caso não houvesse confinamento – e não houve), a amarelo as projecções, caso houvesse confinamento (ainda assim, um número muito elevado de mortos), e com valores muito abaixo, a vermelho, a mortalidade real. Atenção que a distribuição não está correcta porque não tem em conta os dias exactos das mortes. [1]

A discrepância é enorme e o gráfico fala por si.

Trata-se de mais um exemplo das projecções ridiculamente alarmistas produzidas pelo Imperial College of London, na pessoa de Neil Fergusson em relação à possível letalidade da COVID-19. [1]

E foram estas projecções, completamente desfasadas da realidade, que estiveram na base do alarmismo tremendo que se criou e que veio a culminar no confinamento de toda a população.

Mortalidade na Suécia comparada com outros anos, no mesmo período do ano

Mortalidade na Suécia em 2020, comparada com outros anos
Mortalidade na Suécia em 2020, comparada com outros anos [2]

O gráfico anterior faz uma comparação entre a mortalidade do ano de 2020 e a de outros anos anteriores, no mesmo período do ano. [2]

No gráfico seguinte, apresenta-se a mortalidade total na Suécia, ajustada ao crescimento da população, comparada com outros anos. Como se pode ver, perfeitamente dentro da média. [9]

Mortalidade total na Suécia, ajustada ao crescimento da população, comparada com outros anos [9][10]
Mortalidade total na Suécia, ajustada ao crescimento da população, comparada com outros anos [9][10]

Apesar da mortalidade apresentar uma tendência decrescente ao longo dos anos e em 2020, apresentar uma ligeira subida relativamente à tendência dos anos anteriores (gráfico seguinte) [3], o que se pode dever a diversas causas (inclusive um pico tardio de infecções respiratórias), como se pode verificar pelos gráficos em questão, houve anos com muito maior mortalidade do que o de 2020, sem que, por causa disso, se tenha declarado qualquer Pandemia mortífera ou se tenha decretado confinamentos.

Mortalidade na Suécia em 2020, comparada com anos anteriores [3]
Mortalidade na Suécia em 2020, comparada com anos anteriores [3]

Comparação entre o caso da Suécia e alguns estados norte-americanos

Conforme se pode verificar pelo gráfico seguinte, apesar de Nova York ter implementado o confinamento (lockdown) antes do aparecimento do suposto surto de COVID-19, e de que o objectivo declarado do confinamento ser achatamento da curva, torna-se claro que esse objectivo não foi cumprido, ao contrário do caso da Suécia, que apesar de não ter efectuado confinamento, achatou efectivamente a curva.

Comparação entre os casos da Suécia e de Nova York
Comparação entre os casos da Suécia e de Nova York [6][7][8]

No gráfico abaixo, faz-se a comparação entre a Suécia e os estados norte-americanos do Texas e da Geórgia, onde não se procedeu ao uso obrigatório de máscaras e Nova York, onde tal aconteceu. Como se pode notar, a mortalidade em Nova York apresentou um pico muito superior.

Comparação da mortalidade com COVID-19 entre a Suécia, Georgia e Texas (que não instituíram o uso de máscara) e Nova York (que instituiu uso de máscaras)
Comparação da mortalidade com COVID-19 entre a Suécia, Georgia e Texas (que não instituíram o uso de máscara) e Nova York (que instituiu uso de máscaras)

Efeito das várias epidemias na Suécia

Efeito das várias epidemias na Suécia
Efeito das várias epidemias na Suécia

O gráfico acima é importante para colocar em perspectiva a COVID-19 relativamente a epidemias ocorridas no passado.

Comparação entre Suécia e alguns países europeus

O gráfico abaixo apresenta uma comparação entre a Suécia e alguns países europeus em termos de mortalidade por milhão de habitante.

Comparação entre a Suécia e alguns países europeus em termos de mortalidade por milhão de habitante
Comparação entre a Suécia e alguns países europeus em termos de mortalidade por milhão de habitante

Comparação entre Suécia e Portugal

A Comunicação Social portuguesa veiculou de forma propagandística que o caso da Suécia teria sido uma “tragédia”. No entanto, um estudo de Cambridge concluiu que Portugal classificou-se como pior na gestão da “Pandemia” do que a Suécia. [4][5]

Nos gráficos seguintes pode chegar-se precisamente a essa conclusão. Como se pode facilmente verificar, Portugal apresenta um desempenho muito pior:

Comparação de mortalidade com COVID-19 entre Portugal e Suécia
Comparação de mortalidade com COVID-19 entre Portugal e Suécia
Comparação entre Suécia e Portugal em relação à mortalidade comparada por habitante comparada com anos anteriores
Comparação entre Suécia e Portugal em relação à mortalidade de todas as causas comparada com anos anteriores

Anders Tegnell

Anders Tegnell foi o virologista responsável pela estratégia adoptada na Suécia.

Em Portugal, e um pouco por toda a Europa, se tem atacado a estratégia sueca, sobretudo basendo-se em informações veiculadas de forma deturpada. Em Portugal, por exemplo, foi avançadas notícias que indicam uma política desastrosa e uma inversão na estratégia sueca. [12]

No entanto, como se pode avaliar através de todo este artigo, tratam-se de notícias infundadas. Abaixo uma notícia que refere um relaxamento e não um agravamento das medidas.

Tweet da BBC Radio 4 Today que refere que Tegnell aponta para um maior relaxamento das medidas
Tweet da BBC Radio 4 Today que refere que Tegnell aponta para um maior relaxamento das medidas

Conclusão

Como a Suécia não efectuou confinamento (lockdown), poderá concluir-se que não foi por isso que aconteceu alguma tragédia, como foi previsto, e prova-se também a não necessidade de confinamento.

Suécia, um elefante enorme na sala
Suécia, um elefante enorme na sala

A Suécia continua a ser um elefante enorme na sala dos vários países europeus.

Fontes:

[1] Artigo «As projecções mirabolantes que lançaram alarmismo e conduziram ao confinamento em todo o mundo». Paradigmas.

[2] Instituto Nacional de Estatística da Suécia

[3] Mortality.org

[4] «Portugal pior que a Suécia na resposta à pandemia, diz estudo de Cambridge.» Diário de Notícias. 15 de Julho de 2020. 

[5] Sustainbale Development Report 2020. Cambridge University Press.

[6] Ministério da Saúde Sueco

[7] Covid Tracking Project (Nova York)

[8] «Why Sweden Succeeded in “Flattening the Curve” and New York Failed.» Foundation for Economic Education (FEE). 15 de Julho de 2020.

[9] Instituto Nacional de Estatística da Suécia

[10] Instituto Nacional de Estatística da Suécia

[11] European Centre for Disease Prevention and Control

[12] «Suécia fez pior que vizinhos nórdicos e prepara medidas mais rígidas.» Diário de Notícias. 14 de Outubro de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here