Cosméticos e Produtos de Higiene com Ingredientes Causadores de Cancro

0
2260
Cosmeticos e Produtos de Higiene
Cosmeticos e Produtos de Higiene

Desejar aperfeiçoar a nossa aparência é um desejo humano natural. Desde o início da humanidade, havia representações de homens e mulheres que usavam vários produtos para fazer face à moda da época.

Poderá encontrar maquilhagem em todo o lado onde possa fazer compras. Qualquer coisa que você deseje “consertar” ou “alterar”, é provável que exista um produto destinado a isso. Todos os produtos em embalagens de fantasia são direcionados para os consumidores que querem olhar-se e sentir-se bem com isso.

Pós, shampoos, hidratantes, batons e cremes dentais são criados para tornar a sua pele mais lisa, dar ao seu cabelo mais volume, os dentes mais brancos, e assim por diante.

Como podemos ter certeza de que não estamos a ser expostos a toxinas nos nossos cosméticos?

Houve muita discussão ao longo da última década sobre se os nossos produtos de beleza poderiam eventualmente conter ingredientes cancerígenos.

Infelizmente, muitos desses medos são bem fundamentados e essa possibilidade não deve ser tomada de ânimo leve. Afinal, tudo o que é aplicado na nossa pele é rapidamente absorvido através dos nossos poros directamente na nossa corrente sanguínea.

Então qual a verdade? Vamos examinar alguns dos produtos de beleza mais comuns e os ingredientes que têm preocupado os investigadores.

Toxinas comuns nos cosméticos:

  • Parabenos: muitos produtos – tais como os desodorizantes de spray, cremes faciais, produtos de cabelo e creme dental – contêm produtos químicos chamados Parabenos, que imitam o estrogénio humano. Num estudo realizado na Universidade de Reading, no Reino Unido, 99% dos participantes do estudo, com cancro da mama tinham acumulação de “parabenos” nos seus tumores. Mesmo as mulheres que não utilizam regularmente produtos conhecidos por conter parabenos apresentaram-nos nos seus tecidos cancerígenos. Há uma necessidade de mais investigação neste campo, pois considerando o aumento do uso de Parabenos nos produtos farmacêuticos e também como aditivo alimentar. A palavra “parabeno” às vezes é combinado com metilo, propilo, isobutilo, ou etil – de modo a assim ser lida nos rótulos!
  • Chumbo: O chumbo que é um metal pesado tóxico foi encontrado em mais de 60% dos batons populares investigados pela Food and Drug Administration Federal (FDA). Enquanto o mercúrio tem sido um problema com cosméticos fabricados na China, as conclusões da FDA vieram trazer atenções indesejáveis às empresas “confiáveis”, como a Revlon, L’Oreal, Maybelline por estas incluírem ingredientes que originadores de cancro. Chromium, cádmio e alumínio foram alguns dos outros metais detectados durante o estudo. A FDA anunciou não considerar que as suas descobertas impliquem um problema de segurança. De fato, um representante do Conselho Produtos de Higiene Pessoal disse acerca dos resultados: “Muitos destes metais estão presentes na Alimentação, e a exposição a produtos para os lábios é mínima em comparação.” De facto.
  • Formaldeído, et al: A cor do cabelo, relaxantes, alisantes, shampoos, condicionadores, e cola para extensão de cabelo contém uma série de substâncias químicas tóxicas. Alguns dos piores incluem formaldeído (uma substância cancerígena internacionalmente classificada), tolueno (proibida na Europa, devido ao perigo para os fetos em desenvolvimento), a hidroquinona (o que aumenta a sensibilidade ao Sol) e ftalatos (em vários estudos ligado aos problemas de reprodução). Muitos destes produtos químicos são também encontrados em loções de bronzeamento artificial e em cremes de depilação.
  • Triclosan: Pasta de dentes, cremes para lavar o corpo, e desodorizantes estão a utilizar produtos químicos anti-microbianos, tais como triclosan para prevenir o crescimento bacteriano. Triclosan é considerado um disruptor endócrino. O uso de produtos que contenham esta substância pode levar a problemas reprodutivos, mau funcionamento da tiróide, e até mesmo cancro.

O que se deve retirar a partir destes resultados é que se deve começar a considerar uma mudança para produtos de beleza naturais e orgânicos – cada vez mais disponíveis mesmo nas grandes lojas – como uma alternativa para os produtos que está habituado a comprar.

Faça sempre a sua pesquisa! Se há um item de cosmético especial ao qual você é leal, verifique-a e certifique-se de que a produção está a pensar na sua Saúde e bem-estar.

Lembre-se, você aplica muitos destes produtos na sua pele – onde são absorvidos directamente pela sua corrente sanguínea. Gastar um pouco mais para garantir que não está receber formaldeído e chumbo nos produtos que utiliza todos os dias, parece um pequeno preço a pagar.

Fonte: The Truth About Cancer

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here