Superbactéria retorna dos animais para o homem

0
652
Staphylococcus aureus CC398 - a superbactéria
Staphylococcus aureus CC398 - a superbactéria

MRSA do porco

Uma linhagem de bactéria potencialmente mortal e resistente a antibióticos, conhecida como MRSA, saltou de rebanhos de animais destinados ao abate para os seres humanos.

A descoberta surgiu com o estudo do genoma inteiro de humanos e animais, incluindo perus, galinhas e porcos – com amostras de 19 países em quatro continentes.

A pesquisa concentrou-se na Staphylococcus aureus CC398, resistente à meticilina, também conhecida como MRSA do porco, ou MRSA associada à pecuária, porque na maioria das vezes ela infecta pessoas com exposição direta aos porcos ou outros animais destinados à alimentação humana.

Animais para alimentação

É provável que a MRSA CC398 tenha começado como uma cepa suscetível aos antibióticos em seres humanos antes de saltar para animais destinados à alimentação.

Após a transferência para os animais, a MRSA CC398 tornou-se resistente a dois antibióticos importantes, a tetraciclina e a meticilina, que são utilizados para o tratamento de infecções por estafilococos.

A resistência provavelmente é resultado da utilização rotineira de antibióticos que caracteriza a produção moderna de animais para alimentação humana – os animais geralmente são tratados com antibióticos para prevenir infecções e promover seu crescimento.

“A força mais poderosa na evolução é a selecção. E, neste caso, os seres humanos forneceram uma grande força através do uso excessivo de antibióticos na produção animal. É o uso inadequado de antibióticos que agora está a voltar para nos assombrar,” disse Paul Keim, da Universidade Norte do Arizona (EUA).

Antibióticos na produção animal

Price Lance, o principal autor do estudo, disse que a pesquisa foi “como ver o nascimento de uma superbactéria, o que é simultaneamente fascinante e desconcertante.”

Price afirmou que, embora esta cepa de MRSA tenha sido descoberta há menos de uma década atrás, parece que se está a espalhar muito rapidamente.

“Os nossos resultados destacam os potenciais riscos de Saúde pública do uso generalizado de antibióticos na produção animal,” disse Price. “Os estafilococos prosperam em condições de superlotação e más condições sanitárias. Adicione antibióticos a esses ambientes e você vai criar um problema de Saúde pública.”

Baseado num texto de Cynthia Brown
22 de Fevereiro de 2012

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here