Curar-se do vírus Epstein-Barr segundo Anthony Williams

0
243
Curar-se do vírus Epstein-Barr com dieta
Curar-se do vírus Epstein-Barr com dieta

Anthony William, autor do LivroMédico Médium promove a adopção cuidadosa e paciente de certas medidas para que se possa curar do vírus Epstein-Barr (VEB).

Segundo o autor, pode recuperar o sistema imunitário, ver-se livre do VEB, rejuvenescer o organismo, retomar o controlo total sobre sua Saúde, e seguir em frente com a vida.

O tempo de duração do processo varia de pessoa para pessoa e depende de um grande número de factores. Algumas pessoas dominam o vírus apenas em três meses. No entanto, um período mais típico será um ano completo. E há pessoas que precisam de mais de dezoito meses para destruir o VEB.

Prescições de Anthony Williams:

1 – Alimentos que curam

Certas frutas e legumes podem ajudar o seu organismo a ver-se livre do VEB e curá-lo. Os que refiro de seguida são os melhores para introduzir na sua dieta (por ordem aproximada, consoante a sua importância). Tente consumir, pelo menos, três destes ali­mentos por dia – quanto mais, melhor -, de forma rotativa para que, numa semana ou duas, tenha introduzido todos eles no seu sistema.

Mirtilos Silvestres
Mirtilos Silvestres

Mirtilos silvestres: ajudam a restaurar o sistema nervoso central e eliminam do fígado as neurotoxinas do VEB.

Aipo: reforça o ácido clorídrico dos intestinos e fornece sais minerais ao sistema nervoso central.

Rebentos: têm um elevado teor de zinco e selénio para for­talecer o sistema imunitário contra o VEB.

Espargos: limpam o fígado e o pâncreas; fortalecem o pân­creas.

Espinafres: criam um ambiente alcalino no organismo e for­necem micronutrientes absorvíveis pelo sistema nervoso.

Coentros frescos: removem metais pesados, como o mer­cúrio e o chumbo, alguns dos alimentos preferidos do VEB.

Salsa: remove os níveis elevados de cobre e alumínio, que alimentam o VEB.

Óleo de coco
Óleo de coco

Óleo de coco: antiviral e actua como anti-inflamatório.

Alho: alimento antiviral e antibacteriano que defende con­tra o VEB.

Gengibre: ajuda na assimilação dos nutrientes e alivia os espasmos associados ao VEB.

Framboesas: ricas em antioxidantes para remover radicais livres dos órgãos e da corrente sanguínea.

Alface: estimula os movimentos peristálticos do trato intes­tinal e ajuda a limpar o VEB do fígado.

Papaias: restauram o sistema nervoso central; fortalecem e reconstituem o ácido clorídrico dos intestinos.

Alperces: reconstituintes do sistema imunitário que também fortalecem o sangue.

Romãs: ajudam a desintoxicar e purificar o sangue e o sis­tema linfático.

Toranjas: fonte rica em bioflavonoides e cálcio para apoiar o sistema imunitário e eliminar as toxinas do organismo.

Toranjas
Toranjas

Couve: tem um elevado teor de alcalóides que protegem contra vírus como o VEB.

Batata-doce: ajuda a limpar e desintoxicar o fígado dos subprodutos e toxinas do VEB.

Pepinos: reforçam as suprarrenais e os rins e eliminam as neurotoxinas da corrente sanguínea.

Funcho: contém fortes componentes antivirais para comba­ter o VEB.

2 – Ervas e suplementos que curam

As seguintes ervas e suplementos (por ordem aproximada em termos de importância) podem fortalecer mais o seu sistema imu­nitário e ajudar o organismo a curar-se dos efeitos do vírus:

Unha-de-gato: erva que reduz o VEB e cofactores como o Estreptococos A e B.

Prata Coloidal
Prata Coloidal

Prata coloidal: reduz a carga viral do VEB.

Zinco: reforça o sistema imunitário e protege a tiroide da inflamação do VEB.

Vitamina B12 (sob a forma de metilcobalamina e/ou adenosilcobalamina): reforça o sistema nervoso central.

Raiz de alcaçuz: baixa a produção de VEB e fortalece as suprarrenais e os rins.

Erva-cidreira: antiviral e antibacteriana. Mata o VEB e reforça o sistema imunitário.

5-MTHF (5-metiltetrahidrofolato): ajuda a fortalecer o sis­tema endócrino e o sistema nervoso central.

Selénio: reforça e protege o sistema nervoso central.

Algas vermelhas: poderoso antiviral que elimina metais pesados como o mercúrio e reduz a carga viral.

L-lisina: reduz a carga de VEB e actua como anti-inflamatório do sistema nervoso central.

Espirulina
Espirulina

Espirulina (de preferência oriunda do Havai): reconstitui o sistema nervoso central e elimina metais pesados.

Ester-C: fortalece o sistema imunitário e elimina toxinas do VEB do fígado.

Folha de urtiga: fornece micronutrientes vitais ao cérebro, ao sangue e ao sistema nervoso central.

Monolaurina: antiviral; destrói a carga de VEB e reduz os seus cofactores.

Baga de sabugueiro: antiviral; reforça o sistema imunitário.

Trevo vermelho: purifica o fígado, o sistema linfático e o pâncreas das neurotoxinas do VEB.

Anis-estrelado: antiviral; ajuda a destruir o VEB no fígado e na tiroide.

Curcumina: componente da curcuma que ajuda a fortalecer o sistema endócrino e o sistema nervoso central.

Fonte: 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here