Anonymous (Introdução)

0
702

Anonymous (usado como um substantivo em massa) é um meme da Internet (conceito que se espalha pela Internet) que teve origem em 2003 na imageboard (fórum) 4chan, representando o conceito de muitos utilizadores on-line e off-line de uma comunidade que existe simultaneamente como um cérebro global digitalizado anárquico. Também é geralmente considerado ser um termo geral para os membros de certas subculturas da Internet, uma forma de se referirem às acções das pessoas num ambiente onde as suas identidades reais não são conhecidas.

Na sua forma primitiva, o conceito tem sido adoptado por uma comunidade on-line descentralizada actuando anonimamente de forma coordenada, geralmente em direcção a um objetivo auto-definido, e principalmente focado no entretenimento. A partir de 2008, o colectivo Anonymous tornou-se cada vez mais associado ao “hacktivismo” (hacking activista) colaborativo internacional, que  realiza protestos e outras ações, muitas vezes em retaliação contra as campanhas anti-pirataria digital movidas por empresas filmográficas e associações comerciais da indústria de gravação. As acções creditadas pelos  “Anonymous” são realizadas por indivíduos não identificados que aplicam a etiqueta Anonymous a si mesmos, como auto-atribuição.

Embora não necessariamente vinculada a uma única entidade online, muitos sites estão fortemente associados com os Anonymous. Isto inclui imageboards notáveis como o 4chan, os seus wikis associados, a Encyclopedia Dramatica, e uma série de fóruns. Após uma sucessão de protestos polémicos, amplamente divulgados e a negação de serviço distribuída (DDoS – distributed denial of service), ataques perpetrados pelos Anonymous em 2008, aumentaram os incidentes ligados ao seu quadro de membros. Em consideração das suas capacidades, os Anonymous foram considerados pela CNN como um dos três grandes sucessores da WikiLeaks.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here