Anonymous: Membros e Estética Iconográfica

0
580
Membros dos Anonymous
Membros dos Anonymous

De acordo com membros auto-inscritos dos Anonymous, a adesão é condicional, mas facilmente alcançada, sendo tão simples como esconder-se durante a execução de actividades online. Vários membros ou antigos membros foram entrevistados ou tornaram-se conhecidos pela sua própria participação em certas actividades dos Anonymous. Questionado sobre a demografia dos Anonymous, o Comandante X indicou que a concepção comum dos Anonymous como um grupo de jovens é uma ideia errada. “A impressão popular é (….) enviesada. Há pessoas mais velhas, a partir da direcção do Chaos Computer Club (Clube de Caos no Computador) que podem, se necessário, reinar sobre as “crianças” que parecem dominar a “Anon Ops“. Devido à natureza individual complexa do grupo não há nenhuma associação real ou liderança. As decisões são tomadas num nível pessoal, divulgadas através de sites sociais, e se muitas pessoas nesses sites decidirem que a causa é justa o suficiente, continuam a espalhar a causa até à data do evento, onde todos os que já ouviram falar sobre a causa e acharam-na digna do seu tempo irão unir-se ao exército dos Anonymous de forma a realizar o seu objectivo. Devido a isso, o número total de membros “anónimos” é uma variável desconhecida, como qualquer pessoa que visite os sites sociais podem juntar-se às actividades do grupo de sua livre e espontânea vontade, tornando-se assim um membro do grupo. Normalmente, apenas uma pequena parte do grupo Anonymous age num determinado momento, no entanto alguns ataques directos ao grupo têm causado que mais membros se juntem à causa e retaliem.

Iconografia e Estética

Como uma cibercultura, a estética dos Anonymous é baseada em várias formas de humor de choque, incluindo os géneros de comédia “cringe“, surreal, e humor negro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here