“Nano-Colibri”, o novo “Agente Secreto” do exército dos EUA

0
1653
Agente secreto Nano-Colibri
Agente secreto Nano-Colibri

A AeroVironment, empresa norte-americana especializada em aviões, tanto pilotados como não-tripulados, revelou o protótipo de um “nanocolibrí”. O NAV (Nano Air VehicleNano Veículo Aéreo) foi concebido através de um contrato com a Agência de Investigação de Projetos Avançados de Defesa (DARPA) do Departamento de Defesa dos EUA.

Desde 2006, ano em que a empresa começou a trabalhar no projeto, o modelo foi muito alterado: a versão inicial de um grande insecto evoluiu para o actual “mini-pássaro ‘. Hoje em dia, graças a uma imitação biológica perfeita, este “agente de inteligência” de nova geração, tem as mesmas linhas , cores e movimentos, tanto em terra firme como em voo de um beija-flor verdadeiro. A envergadura de asas é de 16 centímetros e o pássaro pesa 19 gramas. O peso das aves verdadeiras pode variar entre 1,6 gramas e 20 gramas, dependendo das espécies.

A versão do ‘nanocolibrí’ apresentada, é capaz de uma velocidade de 18 km/h em qualquer direcção e resiste a ventos laterais de até dois metros por segundo, sem perder estabilidade. Por enquanto pode ser executado durante 8 minutos de cada vez, sem recarregar as baterias.

Também pode voar num espaço confinado, como um edifício, ao qual pode ser aceder através de qualquer buraco convencional. Um piloto pode manejar o dispositivo de forma remota, a partir das imagens captadas por uma câmera
instalada no NAV.

Os especialistas dizem que os militares dos EUA poderão ser equipado com esta inovação durante esta década. No entanto, sublinham que é provável que a versão final venha a ter outra forma: a de um pássaro mais comum para os territórios nos quais os EUA tenham interesses estratégicos, como por exemplo, um pardal. Embora seja evidente que assim perderá as vantagem intrinsecas a um tamanho tão pequeno.

Fonte: RT

Artigo Original: http://actualidad.rt.com/ciencia_y_tecnica/electronica_tecnologia/issue_20880.html

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here