O auxílio americano aos soviéticos durante a Segunda Guerra Mundial

0
1606
EUA - URSS
EUA - URSS

Existe um livro notável que nos permitiu compreender melhor o que se passou durante a Segunda Guerra Mundial. Esse livro é deixado completamente de lado pela Imprensa, pelos produtores de filmes e, na maior parte dos casos, pelas bibliotecas. O seu título: «From Major Jordan’s Diares» («Dos Diários do Major Jordan»).

Jordan era um veterano da Primeira Guerra Mundial e a sua experiência militar fê-lo aceder ao posto de expedicionário Lend Lease (empréstimo e aluguer) e de oficial de ligação com os russos. Ele serviu os dois primeiros anos em Newark, em Montana e, a partir de 10 de Maio de 1942, no United Nations Depot n.° 8, Lend Lease Division, Newark Airport, Newark, New Jersey, International Section, Air Service Command: Air Corps; US Army.

O comandante Racey Jordan era o homem de ligação entre os Estados Unidos e a União Soviética. Ele ficou muito surpreso com a influência que o coronel russo Anatoli Kotikov exercia sobre o assistente de Roosevelt, Harry Hopkins.

Os soviéticos manifestavam a necessidade de provisões especiais ou outras; um simples telefonema de Kotikov a Hopkins já era o suficiente, a mercadoria era providenciada de imediato. Mais tarde, Jordan notou que havia malas pretas em cada transferta de mercadorias e não pôde impedir de ceder à sua curiosidade. Foi então que fez uma descoberta. Descobriu papéis sobre a fusão nuclear, uma lista de materiais transportados por avião para a URSS, duas libras de urânio 92 e deutério. Ele não podia imaginar, nesse momento, o alcance de sua descoberta. No seu diário de bordo, anotou mais tarde, com muitos detalhes, esses incidentes e outros. Um avião, entre outros mais, espatifou-se na Sibéria e continha o material necessário para imprimir cédulas bancárias. Havia placas, papel e outros utensílios de impressão. Assim, os russos poderiam, igualmente como os Estados Unidos, imprimir para a Alemanha as cédulas que se haviam desvalorizado durante a ocupação!

EUA - URSS
EUA – URSS

O acordo Lend Lease permitiu a Estaline receber dos Estados Unidos 20.000 aviões, quase 400.000 camiões e duas vezes mais tanques que tinha no início da guerra, assim como locomotivas, viaturas, alimentos, material secreto, etc.

Por que razão os Estados Unidos deram um auxílio de tais dimensões aos russos durante a Segunda Guerra Mundial? Estamos no direito de fazer essa pergunta, pois até agora, só citamos alguns exemplos.

Os Illuminati eram os autores do regime vermelho. Eles sabiam muito bem o que estavam a fazer. É fácil verificar que a URSS era um instrumento que servia ao seu plano – aquele dos Protocolos – para submeter pela força a terra inteira à sua Nova Ordem Mundial.

Fonte: Livro «As Sociedades Secretas e o seu Poder no Século XX» de Jan Van Helsig

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here