O Projecto Veritas

0
58
Projecto Veritas
Projecto Veritas

O Projecto Veritas foi fundado em 2011 como uma empresa de jornalismo sem fins lucrativos, por James O’Keefe, para continuar o seu trabalho de reportagem disfarçada. Hoje, o Projecto Veritas investiga e expõe a corrupção, a desonestidade, a traição, o desperdício, a fraude e outras condutas incorrectas, tanto em instituições públicas como privadas, para alcançar uma sociedade mais ética e transparente.

James O'Keefe
James O’Keefe

James O’Keefe é o director exectuvio (CEO) e presidente do conselho de administração, o qual continua a liderar e ensinar os seus colegas jornalistas, bem como proteger e nutrir a cultura do Projecto Veritas.

Os jornalistas do Projecto Veritas que trabalham à paisana ou por conta própria, com e através de infiltrados idealistas trazem ao povo americano as verdades privadas corruptas escondidas atrás das paredes das suas instituições.

Amy Robach
Amy Robach

A maior audiência para qualquer vídeo do Projecto Veritas foi o lançamento da confissão de “hot mic” pela ABC News, da jornalista Amy Robach à sua equipa de estúdio, que tinha toda a história de Jeffrey Epstein, mas estação televisiva reprimiu-a por causa da pressão da família real britânica.

O Projecto Veritas lança uma investigação com a colocação de jornalistas infiltrados. O lançamento de conclusões cria uma crescente e incontrolável tempestade de fogo de cobertura da imprensa.

A corrupção é exposta, os líderes demitem-se, e as organizações são encerradas.

O Projecto Veritas obtém resultados imediatos, mensuráveis e de impacto e o nosso retorno do investimento é inigualável.

O Projecto Veritas não advoga resoluções específicas para as questões que são levantadas através das suas investigações, nem encorajam outros a fazê-lo. O objectivo é informar o público sobre as irregularidades e permitir que o público faça julgamentos sobre as questões.

Fonte:

Project Veritas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here