O Sado-Masoquismo de Cavaco Silva: a curiosa evolução das suas afirmações sobre a dívida

0
2143
Cavaco Silva : a curiosa evolução das suas afirmações sobre a dívida
Cavaco Silva : a curiosa evolução das suas afirmações sobre a dívida

“Como avisei na altura devida, chegámos a uma situação insustentável”, Cavaco Silva, 10 de Junho de 2010 (com dívida 94%)

“São insustentáveis tanto a trajectória da dívida pública como as trajectórias da dívida externa.” Cavaco Silva, 9 de Março de 2011 (com dívida 108,2%)

“As dificuldades que Portugal atravessa derivam do nível insustentável da dívida do Estado e da dívida do País para com o estrangeiro.” Cavaco Silva, 1 de Janeiro de 2013 (com dívida 124,1%)

“Surpreende-me que em Portugal existam analistas e até políticos que digam que a dívida pública não é sustentável. Só há uma palavra para definir esta atitude: masoquismo.” Cavaco Silva, 3 de Outubro de 2013 (com dívida prevista pelo Governo de 127,8%)

“Deus nos livre de termos um Presidente da República que não mede as palavras que diz” Cavaco Silva, 21 de Dezembro de 2013.

Por: Fernanda Câncio.
4 de Outubro de 2013

Fonte: Diário de Notícias

Artigo Original: Aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here