Passos interrompido por “Grândola Vila Morena”

0
1696
Passos Coelho interrompido no debate quinzenal pelo grupo
Passos Coelho interrompido no debate quinzenal pelo grupo "Que se Lixe a Troika"

Na Sexta-Feira, dia 15 de Fevereiro de 2012, O primeiro-ministro Passos Coelho falava no debate quinzenal com os deputados quando foi interrompido pelo público das galerias a cantar “Grândola Vila Morena“.

Foi uma acção do grupo “Que se Lixe a Troika“, integrada na mobilização para a Manif de 2 de Março.

Grândola Vila Morena” foi uma canção composta e cantada por Zeca Afonso que foi escolhida pelo Movimento das Forças Armadas (MFA) para ser a segunda senha de sinalização da Revolução dos Cravos. A canção refere-se à fraternidade entre as pessoas de Grândola, no Alentejo, e teria sido banida pelo regime salazarista como uma música associada ao Comunismo. Às zero horas e vinte minutos do dia 25 de Abril de 1974, a canção era transmitida na Rádio Renascença, a emissora católica portuguesa, como sinal para confirmar as operações da revolução. Por esse motivo, virou símbolo popular da revolução assim como do início da democracia em Portugal.

Passos Coelho, com um sorriso jocoso, tentando passar por alheio ao propósito da situação, ainda se refere cinicamente à nostalgia do 25 de Abril.

Vídeo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here