Nova Era (Introdução)

0
1849
Nova Era, uma
Nova Era, uma "filosofia de vida" de bem-estar e tolerância universal

O movimento da Nova Era é um movimento espiritual ocidental que se desenvolveu na segunda metade do Século XX. Os seus preceitos centrais foram descritos como sendo um “desenho de ambas as tradições espirituais e metafísicas orientais e ocidentais, infundindo-lhes as influências de auto-ajuda, Psicologia motivacional, Saúde Holística, Parapsicologia, investigação da consciência e física quântica”. O termo Nova Era refere-se à vinda da Era Astrológica de Aquário.

A Nova Era tem como objectivo criar “uma espiritualidade sem fronteiras ou dogmas limitativos” que seja inclusiva e pluralista. Possui uma “visão do mundo holística”, enfatizando que a mente, corpo e espírito estão interligados e que há uma forma de monismo ou unidade em todo o Universo. Tenta criar “uma visão do mundo que inclua tanto a Ciência como a Espiritualidade” e que abranja uma série de formas de Ciência mainstream, assim como outras formas de Ciência que costumam ser desconsideradas.

As origens do movimento podem ser encontradas na Astrologia e na Alquimia Medieval, como nos escritos de Paracelcus, no interesse renascentista pelo hermetismo, no misticismo do Século XVIII, como por exemplo em Emanuel Swedenborg, e nas crenças no magnetismo animal defendidas por Franz Mesmer. No Século XIX e início do Século XX, autores como Godfrey Higgins e os esoteristas Eliphas Levi, Helena Blavatsky e George Gurdjieff articularam Histórias e cosmologias específicas e alguns dos princípios filosóficos básicos que iriam influenciar o movimento. Tal experienciou um renascimento como resultado do trabalho de pessoas como Alice Bailey e organizações como a Sociedade Teosófica, ganhando novo impulso na década de 1960, recebendo as influências da metafísica, filosofia perene e a Psicologia da Auto-Ajuda, e dos vários gurus indianos que visitaram o Ocidente durante essa década. Nos anos 70, desenvolveu uma componente social e política.

Nova Era
Nova Era

O movimento da Nova Era inclui elementos de tradições espirituais e religiosas mais antigas, que vão deste o monoteísmo até ao Panteísmo, Pandeísmo, Paneteísmo e Politeísmo combinado com a Ciência. Também inclui aspectos de Arqueastronomia, Astronomia, Ecologia, Ambientalismo, a hipótese de Gaia, religiões de OVNIs, Psicologia e Física.

As práticas e filosofias da Nova Era inspiram-se, por vezes, nas grandes religiões do mundo: Budismo, Taoismo, Cristianismo, Hinduísmo, Sufi islâmico, Judaísmo (sobretudo na Kabbalah), Sikhismo, recebendo fortes influências da Ásia mais Oriental. Outras influências surgem do Esoterismo, Gnosticismo, Hermetismo, Idealismo, Neopaganismo, Neopensamento, Espiritualismo, Teosofia, Universalismo, entre outras.

Fonte: Wikipédia (En)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here