Os verdadeiros motivos por trás do conflito na Ucrânia

0
1771
Invasão da Crimeia
Invasão da Crimeia

O Paradigmas apresenta um vídeo de Paul Joseph Watson, colaborador com os sites Infowars.com e PrisonPlanet.com de Alex Jones, no qual este explica os motivos que conduziram ao actual conflito na Ucrânia, cujos últimos episódios levaram à invasão da Crimeia por parte da Rússia.

À semelhança do que se passou no Conflito da Síria, trata-se novamente de uma escalada de violência motivada pelo acesso a recursos energéticos, neste caso, o gás natural. A Rússia é o principal exportador de gás natural para a União Europeia, utilizando os gasodutos existentes na Ucrânia para o efeito. Para segurar a exequibilidade do negócio, tinha total confiança no recém deposto presidente ucraniano, Viktor Yanukovytch.

Os Estados Unidos têm andado a conspirar, próximos de neo-nazis, na promoção das revoltas que conduziram à saída do presidente ucraniano que era próximo dos russos, provavelmente, na tentativa de lá colocar um governo que fosse da sua confiança, para poder acabar com o monopólio energético russo, passando a lucrar com isso.

Foi então para manter o seu monopólio energético na região, que a Rússia reagiu de imediato.

Segundo o autor do vídeo, não se esperam sanções a esta invasão, porque a União Europeia precisa do gás russo.

E eis que é assim que um povo (o ucraniano), se vê esmagado entre o conflito de duas potências.

Para ter uma noção mais alargada deste conflito, veja o vídeo abaixo.

Vídeo (não legendado):

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here